A experiência de 15 anos de operação do FPSO North Sea Producer no Mar do Norte (Escócia) em parceria com a Maersk FPSOs na exploração do campo de MacCulloch para a ConocoPhillips, qualifica a Odebrecht Óleo e Gás a oferecer aos seus Clientes serviços de afretamento e operação dessas embarcações.

A operação de plataformas de produção de petróleo tipo FPSO (Floating Production Storage Offloanding System) faz parte da estratégia de crescimento da Odebrecht Óleo e Gás em conjunto com a operação de sondas de perfuração. A experiência adquirida em um ambiente que exige níveis de excelência em qualidade, segurança e meio ambiente, e a capacitação de pessoas servem de base para o crescimento neste segmento da indústria.

  • FPSO Cidade de Itajaí – Joint venture entre a Odebrecht Óleo e Gás e a norueguesa Teekay Petrojarl (OOGTK FPSO) que opera um FPSO com capacidade de produção de 80 mil barris de óleo/dia e 650 mil barris de estocagem, capaz de operar em lâmina d’água de até mil metros. Primeira unidade de produção operada pela Empresa no Brasil. Localização: Bacia de Santos. Cliente: Petrobras.
  • FPSO Pioneiro de Libra - Joint venture entre a Odebrecht Óleo e Gás e a norueguesa Teekay Petrojarl, na qualidade de Líder e Operadora do Consórcio Libra_P1, para afretamento e operação de um FPSO para realização de Testes de Longa Duração (TLD) no Bloco de Libra na Bacia de Santos. A unidade, que deve entrar em operação no final de 2016, terá capacidade de processamento de 50.000 barris de óleo/dia e compressão de 4,000,000 Sm3/dia de gás associado, e poderá operar em lâmina d´água de até 2.400 metros. Cliente: Petrobras.