31-03-2017

Comunicado ao Mercado

Brasil, Rio de Janeiro, 31 de março de 2017 – A Odebrecht Óleo e Gás S.A (“OOG”), vem informar que espera efetuar, em 7 de abril de 2017, o pagamento dos juros referentes às notas com vencimento em 2022, no montante originalmente devido em 1º de março de 2017, aos detentores das notas registrados para recebimento dos juros originalmente devidos em 1º de março de 2017.

O agente fiduciário deverá sacar de maneira proporcional, das cartas de crédito e garantias de pagamento, um montante de aproximadamente US$9,44 milhões que, em conjunto com os saldos disponíveis nas contas de recebíveis offshore do projeto, é suficiente para efetuar o pagamento integral dos juros devidos em 1º de março de 2017. A OOG tem obrigação contratual de reembolsar os emissores da carta de crédito e garantia de pagamento da conta reserva de serviço da dívida para qualquer valor que tenha sido sacado destas. A OOG está negociando a prorrogação de acordos de forbearance (para não execução da dívida) com os emissores das cartas de crédito e garantias de pagamento enquanto negocia uma reestruturação de longo prazo da sua dívida com os seus credores.

A OOG também vem anunciar que o grupo de credores detentor da maior parte do principal das notas com vencimento em 2022 concedeu uma renúncia temporária das disposições relativas ao uso das receitas do projeto sob a estrutura de cascata de tais notas, para permitir que, durante o mês de março de 2017, elas sejam destinadas às despesas de capital e de reestruturação das embarcações que garantem as notas com vencimento em 2022. Com esta renúncia temporária, um montante estimado de US$3,37 milhões, além dos valores limites estipulados na indenture e nos contratos de garantia das notas com vencimento em 2022, será utilizado para pagamento de despesas operacionais e de capital durante o mês de março de 2017.

Além disso, o grupo de credores que detém a maior parte do principal das notas com vencimento em 2021 concedeu uma renúncia temporária, até o final de março de 2017, dos limites de despesas operacionais definidos pela estrutura de cascata das notas com vencimento em 2021, com a finalidade de proporcionar uma flexibilidade de fluxo de caixa com relação às despesas operacionais, incluindo despesas de reestruturação e de capital das embarcações que garantem as notas com vencimento em 2021. Com esta renúncia temporária, um montante estimado de US$6,81 milhões, além dos valores limites previstos na indenture e nos contratos de garantia das notas com vencimento em 2021, será utilizado para pagamento de despesas operacionais e de capital durante o mês de março de 2017.

A OOG continua engajada em discussões construtivas com o comitê ad hoc de detentores das notas com vencimento em 2021 e 2022.

A OOG também disponibilizou uma apresentação do fluxo de caixa do projeto que garante as notas com vencimentos em 2022 e 2021, bem como informações sobre as correspondentes cartas de crédito e garantias de pagamento em cada projeto.

Clique aqui para acesso à apresentação.