Notícias

FPSO Cidade de Itajaí produz primeiro óleo na Bacia de Santos
28-02-2013

Após pouco mais de um mês desde sua chegada ao local definitivo de produção, no pós-sal da Bacia de Santos, nos campos de Baúna e Piracaba, o FPSO Cidade de Itajaí produziu o seu primeiro óleo. O marco foi alcançado no dia 16 de fevereiro e representa uma conquista de toda a Odebrecht Óleo & Gás, nesta que é a primeira unidade de produção da empresa a operar no Brasil. A unidade, operada pelo Consórcio OOG TK FPSO, está afretada para o Cliente Petrobras por nove anos com opção de extensão por até mais 6 anos.

No momento, o FPSO está conectado a um poço cujo potencial de produção é de 12.000 barris de óleo por dia, sendo que sua capacidade de processamento é de até 80.000 barris. Os próximos passos associados ao desenvolvimento da produção incluem a interligação da unidade a mais cinco poços produtores e cinco injetores, sendo quatro de água e um de gás.

A atuação na operação do FPSO NSP há mais de 15 anos no Mar do Norte contribuiu para o desenvolvimento de uma expertise na área que é reforçada pela parceria com a Teekay Petrojarl, maior operadora de unidades de produção do tipo FPSO na região do Mar do Norte, onde o FPSO NSP está localizado. Jorge Mitidieri, Diretor Superintendente da UN-Serviços Integrados, destaca que “o início da produção do FPSO Cidade de Itajaí consolida a Odebrecht Óleo & Gás como operadora de unidades flutuantes de produção e como prestador de serviços integrados na cadeia de produção offshore”.

Copyright © Odebrecht Óleo e Gás - Todos os direitos reservados

Sirius Interativa